Lars Grael

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Reproduzir vídeo

Como palestrante, Lars Grael está entre os mais bem avaliados do mercado brasileiro, com cerca de 500 palestras proferidas em todos os estados.

Mais informações

Lars Schmidt Grael, oriundo de família tradicional no iatismo brasileiro, Lars é filho de Ingrid Schmidt e irmão de Torben Grael. Participou de quatro Jogos Olímpicos, entre Los Angeles 1984 e Atlanta 1996, na classe Tornado.

Ganhou medalhas de bronze em duas edições, Seul 1988 tendo como proeiro Clinio Freitas, e Atlanta 1996 com Kiko Pelicano, em ambos conquistando o pódio apenas na última regata – e com más condições climáticas na primeira.

Antes de ser decacampeão brasileiro e pentacampeão sul-americano da Tornado, foi campeão mundial da classe Snipe em 1983 na cidade do Porto.

Depois do acidente de 1998 em Vitória, ele foi convidado pelo presidente Fernando Henrique Cardoso a integrar os quadros dirigentes do INDESP – Instituto de Desenvolvimento do Desporto, uma autarquia ligada ao então Ministério do Esporte e Turismo, chegando a ser Secretário Nacional de Esportes no governo FHC e assumiu a Secretaria Estadual da Juventude, Esporte e Lazer, cargo que ocupou até março de 2006.

Em 2008 disputou a seletiva olímpica brasileira na classe Star para a Olimpíada de Pequim porém foi derrotado pelo favorito Robert Scheidt. Em 2015, foi campeão mundial da classe ao lado de Samuel Gonçalves, que foi aluno do Projeto Grael.

Hoje, é presidente mundial da ISCYRA, bicampeão da Bacardi Cup e hexacampeão Brasileiro da Classe, ficando atrás apenas de seu irmão Torben Grael que possui sete títulos brasileiros. Se aposentou de competições internacionais em 2019.

Como palestrante, Lars Grael está entre os mais bem avaliados do mercado brasileiro, com cerca de 500 palestras proferidas em todos os estados.